sábado, 21 de novembro de 2015

Chora Terra

Mariana, filha da Terra
Morreu soterrada
Alguns notaram a Terra a chorar

França, filha da Terra
Foi metralhada
Alguns notaram a Terra chorar

Quênia, filha da Terra
Também foi metralhada
Ninguém viu Terra chorar?

Nigéria, filha da Terra
Morreu numa enorme tragédia
Ninguém viu a Terra chorar?

Egito, filho da Terra
Caiu num avião
Ninguém viu a Terra chorar?

Tantos outros filhos da Terra
Morrem todo dia de inúmeras formas.

Ninguém vê? Quem vai notar? Que a Terra chora até secar?

sábado, 14 de novembro de 2015

Pobre Mariana

Olhe bem, pobre Ana
Ou seria Joana?
Ah não, Mariana!
Pobre, afundada na lama

Não se preocupe Mariana
“Tóxica não é essa lama”
A natureza morte é um marco
Da Samarco o descaso

Mariana, Mariana. O que houve?
Outrora dona de um Vale do rio doce
Agora nem rio tem, o que há de fazer?
Mudar para Vale do rio morto
Vale do nada hei de ser!  


quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Encontrei em você

Encontrei vida em seu sorriso
Calor e carinho em seus braços
Encontrei em seus olhos outro mundo
Em você encontrei amor.

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Não duvidaria.

Talvez ele já a ame mais do que deveria
Ainda menos do que poderia
Eu no lugar dela não duvidaria
De que o que ela encontra naqueles olhos Não seja nada mais nem menos
Que puro amor e alegria.

"Não é pouco tempo demais?" ela dizia
Ele então ficava perdido, catatônico, não compreendia
Pois não sabia se era do amor dele por ela
Ou dela por ele que duvidava em demasia

Ah mas eu, se no lugar dela estivesse, jamais duvidaria
De que naquele beijo ele prometia
Que mais que ontem e menos que amanhã ele sempre a amaria.
Que o que ela encontra naqueles olhos não poderia ser nem mais nem menos
Que puro amor e alegria.

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Um Poema

Uma vez escrevi um poema,
Queria que fosse parnasiano
Assim arte pela arte
Não falar de quem amo

Uma vez escrevi um poema,
Sobre belas curvas
Que fosse de algo inanimado
Mas eram dela, suaves e únicas

Uma vez escrevi um poema,
Poderiam ter sido palavras aleatórias
Mas sem querer foram escolhidas a dedo
E os versos formaram mais um poema de amor

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Sem Distância

Não tem distância que nos pare
Conquistamos o mundo
Um do outro que seja

Não tem distância que nos separe
Amizade aliada do tempo
Do tipo que se confia às cegas

Não tem distância que me impeça
De dizer que depois de tudo
Para você reservei um amor.

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Não Me Esqueças!


Não me esqueças!
Guarde-me sempre em seu coração e por mim espere.
Não me esqueças!
Pois assim meu amor não se apagará.
Não me esqueças!
Assim de você não me esquecerei.

quinta-feira, 23 de julho de 2015

O Homem Mais Sortudo Do Mundo.

O homem mais sortudo do mundo
Será aquele que merecer seu sorriso
Que encontrar seu olhar

O homem mais sortudo do mundo
Será aquele que puder te abraçar
Infinitamente, jamais ter que largar

O homem mais sortudo do mundo
Será aquele que for dono do teu beijo
Que pertencer ao teu coração

O homem mais sortudo do mundo
Certamente seria eu
Se você me deixasse te amar.

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Ilusão

Escrevo sobre um amor perdido
Pensando no que desejo
Escrevo sobre amores que vieram
Sobre os que virão
O amor que realmente quero
Pena, parece ser só ilusão.

terça-feira, 7 de julho de 2015

Rastros

Veio como maré alta
Trouxe toda a beleza de sua água
Baixou numa virada do dia
Deixando apenas rastros de alegria

Veio como brisa
Num dia de verão suave e tranqüila
Foi-se como um furacão
Deixando apenas rastros de emoção.

Veio como paixão
Quente como sol em seu esplendor
Sem deixar nenhum rastro de amor
Entregou-se em outra mão.

terça-feira, 30 de junho de 2015

Até o adormecer.

Um dia bom;
Desde o despertar.
Ter-te comigo,
e desejar-te mais.

Teus lábios;
Teus olhos;
Teus sorrisos;
Teus abraços.

Nada além de encantos,
que deixam saudade.
Quanto mais eu penso,
mais sinto sua falta.

Será só paixão?
Na verdade, espero mais.
Mais de mim por ti.
Mais tempo contigo.
Desde o despertar;
Até o adormecer.

M.R.G.M

sábado, 27 de junho de 2015

#LoveWins

Hoje o céu amanheceu nublado
Mas a cabeça entardeceu num emaranhado de cor.
Não importa quem esteja ao lado
Vamos todos celebrar todos as formas de amor

Arco-íris paira sobre nossas cabeças
Trazendo sorrisos aos lábios apaixonados
Esperamos que todo o ódio desapareça
E que apenas de beijos estejamos armados

No dia que o preconceito é jogado ao chão
No dia em que a justiça se junta a liberdade
No dia que cores viraram um grande brasão
#LoveWins grita em coro a humanidade

Rafael Ramos

domingo, 21 de junho de 2015

Portas

Dizem que quando uma porta se fecha, outra se abre.
Mas o que acontece se essa porta está entreaberta?
Memórias, pensamentos e arrependimentos;
É isso que passa pela fresta entre a porta e a parede.
Enlouquecendo uma mente;
Vedando outras portas;
Abrindo outras que não devem nunca ser tocadas!
Nada além de uma preocupação irracional,
de uma prisão!

Agora fecho essa porta e limpo da minha mente essas lembranças.
Cordas me impedindo de avançar!
Agora procuro a chave da porta ao lado, pois nessa está o meu futuro.


Matheus R. G. Medeiros

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Feliz Dia Dos Namorados

Será que cor e gênero vale mais que o sentimento? Ou talvez que o preço do presente vale mais que o prazer de fazer sorrir? Eu acho que não. Eu espero que não.

Chegamos então ao dia dos namorados. Dia de celebrar o amor mas, é preciso mesmo um dia?
Por que não celebrar o amor vinte e quatro horas por dia, sete dias por semana?  Mas se assim for, qual a utilidade do dia dos namorados? Eu diria que é útil para criatividade.

Faça uma comemoração que marque a história do seu namoro, ou uma comemoração clássica mas que vá trazer felicidade. Faça um jantar de sushi num bom restaurante ou um miojo à luz de velas em casa. Realmente importa o que fazer ou importa a dedicação e amor no que está fazendo?

Permita-se amar, se apaixonar. Seja você homem ou mulher, homossexual ou heterossexual, ame muito e todos os dias.

Um feliz dia dos namorados para queles que se amam mutuamente, pros que amam sem correspondência, pros amores platônicos, pros amores a distância. Um feliz dia dos namorados ao AMOR!


terça-feira, 19 de maio de 2015

Mais Uma De Amor

Mais uma canção de amor
Cantada ao vento
Para quem quiser escutar

Mais uma carta de amor
Numa garrafa jogada ao mar
Para quem quiser encontrar

Mais uma palavra de amor
Dita durante um olhar
Para um coração encantar

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Se eu me perder em você.

Se eu me perder em teus olhos
Não vou querer voltar

Se eu me perder em teu sorriso
Não vou querer voltar

Se eu me perder em teu corpo
Não vou querer voltar

Se eu me perder em teu beijo
Não vou querer voltar

Se eu me perder em teu amor
Não vou querer voltar


segunda-feira, 27 de abril de 2015

Ela Pode.

Ela pode fazer minha mente voar
Ela pode fazer minha mão tremular
Ela pode a escuridão iluminar
Ela pode fazer o que bem desejar

Ela pode meu coração esquentar
Ela pode ser a única que vou enxergar
Ela pode minhas ideias embaralhar

Ela pode ser a que eu quero amar

domingo, 26 de abril de 2015

Como Se Fosse A Última

Como se fosse pela última vez
Irei te abraçar
Irei te beijar

Como se fosse pela última vez
Irei te olhar
Irei me apaixonar

Para que, quando a última vez chegar
Você tenha a certeza de que tudo que fiz
Foi te amar.

domingo, 19 de abril de 2015

Eu sou AMOR

Eu sou calmaria
Eu sou excitação
Eu sou tristeza
Eu sou alegria
Eu sou dor
Eu sou frio
Eu sou calor
Eu sou mil faces
Eu sou único
Eu sou silêncio
Eu sou clamor
Eu sou luz
Eu sou escuro
Eu sou muitos
Eu sou AMOR.

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Se Você Ficar

Se você ficar
Não haverá dor
Não haverá pesar

Se você ficar
Sobrarão sorrisos
Sobrarão banhos de mar

Se você ficar
Não haverá tristeza
Não haverá lágrima para chorar

Se você ficar
Sobrarão felicidades
Sobrarão beijos ao luar

domingo, 29 de março de 2015

Beleza Inumana

É difícil acreditar que tamanha beleza possa ser humana. 
Beleza que nem mesmo deusas gregas poderiam mostrar. 
O corpo esguio e extremamente esbelto. 
O brilho negro dos cabelos, macios como seda. 
Os olhos maliciosos parecem te atravessar, 
Enxergar os desejos mais profundos daqueles que os encontram. 
E os lábios? Belos e bem desenhados, te atraem e desnorteiam. 
É difícil de acreditar que não seja uma armadilha, miragem ou pintura. 
Na mitologia, ela seria responsável por inúmeras batalhas. 
Homens que tentariam ganhar seu amor. 
Eu, que não sou nenhum guerreiro, sonho acordado com seu esplendor. 
Fadado a morrer apaixonado, por aquela que ostenta imensurável beleza.


quinta-feira, 26 de março de 2015

Para Te Ver Sorrir.

O que eu faria pra te ver sorrir? Eu ficaria acordado vendo você dormir. Apenas para ver seu rosto calmo. Inaginar se é conigo que está sonhando. Ver a luz da lua brilhar em sua pele. Eu buscaria uma de cada flor. As mais bonitas e com os melhores aromas, apenas para provar que nenhuma se compara a sua beleza. Eu criaria histórias, de amor, de fantasia. Nos seríamos bandidos. Seríamos heróis. E, mais importante, seríamos um par. Eu armaria e arrumaria mil e uma formas de fazer você se apaixonar todo dia. Assim como por você eu me apaixonaria. Eu iria em busca das palavras perfeitas para te dizer. Para dedicá-las a você. Para gritar ao mundo que eu só penso em você. O que eu faria pra te fazer sorrir? O possível. O impossível. O impensável. Tudo, apenas, para ver e te fazer sorrir.

"Um Lugar Deserto!"

"Num lugar deserto, onde eu possa sentir você.
Sentir teu olhar;
Sentir teu sorriso;
Sentir teus lábios e teus abraços!

Num lugar deserto onde eu possa sentir!
Sentir que se abre para mim;
Sentir que pode olhar para mim;
Sentir que podemos confiar naquele beijo!

Simplesmente um lugar deserto!"

Matheus R. G. Medeiros

sexta-feira, 20 de março de 2015

...

Eu corri atrás dela.
Queria dizer o que sentia.
Mas ela entrou no meio da multidão e como fumaça, desapareceu.

E no fim de mais uma frustrada história de amor, eu voltei pra casa.
Voltei pra minha única verdadeira companhia, a solidão!

quarta-feira, 18 de março de 2015

Contradição

Trabalhador honesto
Nome sujo na praça
Bandido ladrão
Foi ver jogo do Barça

Pai de família
Alimenta criança com migalha
Colarinho branco
De cima de caveiras gargalha

Caixão, flores, mortalha
Mais uma vítima da batalha
Muros, câmeras, cercas
Prisioneiro da própria casa

Todos os índios vendidos
Ninguém viu o milhão
Escândalos, corrupção
Votamos e afundamos uma nação.


sábado, 7 de março de 2015

Se Ela Soubesse

Se ela soubesse da inquietude de minha mente
Se ela soubesse como me perco no brilho do olhar
Se ela soubesse como me deixo levar pelo som da voz
Se ela soubesse de frio que me dá no estômago
Se ela soubesse do calor que me causa nos ossos
Se ela soubesse de como vê-la melhora meu dia
Se ela soubesse como faz com que eu sorria

Se ela soubesse que quero fazê-la feliz.

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

CONSELHO

“Quem vai dizer ao coração que a paixão não é loucura, mesmo que pareça insano acreditar...” - Oswaldo Montenegro.

Paixão é de fato loucura, insanidade, mas por que não viver insano então? Apaixonar-se todo dia por diferentes alguéns, ou todo dia por apenas um alguém. Mas apaixone-se. Viva essa paixão. Seja ela secreta ou não.

Deixe que a visão da pessoa desejada te traga um sorriso aos lábios, um batimento acelerado ao coração. Se duvidar, vem até as “borboletas” no estômago. Talvez não exista sensação melhor. Não existe nada mais mágico que se apaixonar. Querer dançar, cantar, escrever, pular, sorrir só de pensar naquela pessoa.

Melhor ainda se sua paixão não for secreta, aí então beije, abrace cada dia mais. Uma, duas, dez vezes por minuto. E saindo de Oswaldo, deixe que sua loucura se torne Camões uma vez que: “O amor é fogo que arde sem se ver...”

Este é o conselho daquele que você desconhece.

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Apenas Você.

Se eu quiser amar apenas você?
Se eu quiser dedicar meus textos à você?
Se eu quiser viver minha vida com você?
Se eu quiser cantar apenas para você?
Se eu quiser dançar com você?
Se eu quiser beijar você?
Se eu quiser dormir e acordar com você?

E se eu quiser apenas você?

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Meus. Seus.

Meus olhares e sorrisos serão seus
Mas você não os verá

Meus pensamentos serão seus
Mas você não os decifrará

Meu versos e estrofes serão seus
Mas você não os lerá

Minhas cartas de amor serão suas
Mas você não as receberá

Meu toques e beijos serão seus
Mas você não os sentirá

Minhas músicas e juras serão suas
Mas você não as ouvirá

Você escolheu me perder

Eu escolhi te encontrar

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Sorriso Lunar

Tão perto e tão longe você está.
Some de tempos em tempos.
Esconde seu sorriso.
Mas eu acharei você verá.

Quando dá o ar da graça
Aos poucos toma seu espaço
Ainda tímida
Traz alegria por onde passa

Cheia de si um dia então surge
Iluminando céus e terras
Até o mar fica em euforia
Pois com teu grande sorriso, espalha-se alegria

Com o tempo vai se escondendo
Me entristecendo lentamente
Guardando teu belo sorriso
Mesmo este sendo gravado em minha mente

Eu de longe só posso olhar
Minha lua. branca, bela e brilhante
Cercada de estrelas
Eu de longe só posso me apaixonar.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

...

Olhos brilhantes como o sol
Que ilumina meu mundo
E aquece minha alma sem muito esforço

Sua voz igual à do canto da sereia
Seduz meus ouvidos e me encanta
Arrastando-me para o infinito mar de sua beleza

Seu sorriso me caça e me prende
E me atinge como uma flecha do cupido
Me deixando cada vez mais apaixonado

O toque de suas mãos em meu corpo
Me deixam extasiado
Transformam rimas em coisas banais

Sua pele, branca como mármore
Porém quente como fogo
Aquece minha vida

sábado, 31 de janeiro de 2015

Que eu esqueça.

Você quer que eu esqueça
As fotos, os beijos
Tudo que passar pela cabeça

Você agora quer que eu esqueça
O perfume na roupa, os jeitos
Tudo que passar pela cabeça

Você agora quer que eu esqueça
As palavras ditas e as não ditas
Tudo mais que passar pela cabeça

Eu digo que hoje eu me proponho a esquecer
Assim como o a lágrima apaga o texto

O tempo há de apagar você.

Falta uma Nação

Oje fui ver a iscola
Detonada, acabada
Profesor chorava catando cada sentavo que lhe restava

Oge fui vizitar um ospital
No corredor uma criansa deitada
Ao lado sua mae shorava

Oge ouvi diser de um pais censacional
Onde o povo era respeitado
Fiqei deitado, sonhando calado

Oje resolvi gritar pro mundo
Que brazileiro eu sou
Mais onde foi parar o orgulio?

Oje eu notei uma barbaridade
Falta iscola e ospital, saude e educasão

Sobra politico do mal, que de roubar, não perde a ocazião

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Cofres arrombados.

Ouro negro foi roubado
Tanto lobo vestido de cordeiro
O povo nem ficou espantado
Estão todos acostumados a perder seu dinheiro

"Extra, extra!!" gritou o garoto na rua
Governantes deixam a nação nua
Enquanto o país olha pro lado errado
Bilhões de dólares foram roubados

Os olhos do povo estão vendados
Por todo o ouro de tolo arremessado
O tesouro nacional foi estilhaçado
Pela gangue legal de abutres engravatados

Muito ouro negro foi roubado
O país afunda na lama
O povo continua sentado
Brasil, deixe-o quem o ama.